Seguidores

domingo, 11 de setembro de 2016

A performática e experimentalista aquariana que capturou o coração de John Lennon: Yoko Ono (18/02).


Era 1966. Em Londres, na Indica Gallery, Yoko fazia uma exposição. Perambulando por ali, John vê uma das instalações da artista e, curioso, resolve interagir. Sobe na escada de pintor que se encontra aberta no meio do recinto e alcança uma caixa presa ao teto. Nela há um buraco e o músico espia por ele. Lá no fundo, uma única palavra: “SIM”. Encantado com a surpresa daquele singelo consentimento a um mundo de possibilidades, John faz questão de conhecer a artista. Yoko, por sua vez, também está encantada, pois John havia chamado sua atenção por ter sido o único visitante da exposição a entender de cara que a escada era para ser usada e não admirada. O resto é história.


Estava iniciada uma parceria pessoal e artística, da qual um dos frutos foi o supergrupo vanguardista e conceitual, com formação rotativa, a Plastic Ono Band. Uma amostra:



Nenhum comentário:

Postar um comentário