Seguidores

domingo, 9 de abril de 2017

Os desafetos de Aquário. (1)

Os aquarianos são simpáticos e afáveis, não criam caso com ninguém e gostam de todo mundo. Então, da parte deles mesmos, não têm inimizade com praticamente ninguém. Mas costumam despertar uma certa implicância, má vontade e até mesmo raiva em determinados signos. Com os capricornianos, isso fica mais evidente. 

Um ótimo exemplo disso, embora o episódio já tenha uns dez anos, foi um arranca-rabo acontecido entre o tranquilo aquariano Elijah Wood (28/01)...




... e o, mais que ambicioso, ganancioso e workaholic capricorniano Jared Leto (26/12).





Em 2007, num MTV U Woodie Awards, o Frodo de O Senhor dos Anéis estava conversando sossegado com amigos numa mesa. De repente, Leto se aproximou...




... e, embora aos olhos de todos parecesse amistoso (um desavisado que visse a cena diria até que Leto estava abraçando Elijah, quando, na verdade, o ameaçava), sussurrou em seu ouvido como ficara irritado com o fato de o ator ter dito numa entrevista (quatro anos antes!!!) que não gostava da banda de Leto, a 30 Seconds to Mars e, em seguida, saiu andando. 





Elijah ficou perplexo e virou-se para os amigos, em busca de uma explicação, quando Leto voltou e o agarrou pelo pescoço, partindo para uma agressão mais explícita, gritando e xingando-o violentamente. Por fim, empurrou-o e saiu furioso. Os seguranças chegaram para proteger Elijah, mas o ator garantiu a todos que estava bem. 





Segundo Tim Nudd, do People-Celebrity, na ocasião do incidente muitos websites, incluindo BestWeekEver.tv e Dlisted, repercutiram os relatos de diversas testemunhas oculares sobre a briga. As fotos do momento da agressão em si devem ter sido removidas da Internet pela diligente equipe que cuida da imagem de Jared Leto, como volta e meia fazem com suas antigas fotos "meu-passado-me-condena" (eles sempre as removem, mas o Blog dos Capricornianos tem cópias haha! Veja aqui). 





Bom, ao que se sabe, a liberdade de opinião é um direito garantido nos EUA e Elijah simplesmente expressara a sua numa entrevista à Blender (Janeiro/Fevereiro 2003), uma revista famosa por ser um guia das últimas tendências musicais. Na ocasião, Elijah, um autêntico e eclético apreciador de boa música, de Johnny Winter e Iggy Pop a Rage Against the Machine e Radiohead, disse: "Eu nunca iria proceder como outros atores e tentar fazer (música) eu mesmo. Quero dizer, você já ouviu 30 Seconds to Mars? ... É horrível pra cacete, cara!". 


30 Seconds to Mars





Elijah também foi procurado para contar o que aconteceu e revelou que achou o episódio surreal: "Eu disse a Jared que o que falei não fora pessoal. Ele agiu como se eu estivesse desrespeitando-o ou falando mal de sua família! Coisas assim geralmente não acontecem comigo. Não sou conflituoso. A coisa toda foi bastante ridícula".


Elijah e Leto numa ocasião muito anterior à briga, posando para fotógrafos na festa de lançamento do filme Preto e Branco.


Jared Leto também não se conformou com a recepção negativa e unânime ao seu Coringa, em Esquadrão Suicida. O que será que ele vai fazer quanto a isso? Será que vai sair por aí pegando pelo pescoço um por um dos milhões e milhões que detestaram sua pífia interpretação do maior vilão de Batman?




Abaixo, Leto flagrado num desfile de moda no exato momento em que escolheu o que vestiria na première europeia de Esquadrão Suicida...









 ... e o resultado... bem, sem comentários. Precisa? Uma foto vale mais do que mil palavras:





Em breve, no Blog dos Librianos, outra treta causada pela obstinação de Jared Leto em censurar opiniões negativas a seu respeito. Aguarde.

2 comentários: